Início Serviços do Vinho Cuidados nos serviços de vinhos
Cuidados nos serviços de vinhos Imprimir E-mail

 

Chegou o fim de semana, o feriado ou simplesmente uma noite para receber os amigos na sua nova casa ou você resolveu receber aqueles amigos mais próximos para uma degustação regada a vinhos e alguns petiscos ou mesmo um jantar harmonizado, vale a pena colocar em prática algumas regras básicas e comuns no serviço do vinho.

 

O trabalho é simples, mas requer alguns cuidados básicos. Como por exemplo, não deixar cair vinho na roupa do seu convidado no momento de servir; servir o vinho numa temperatura adequada; realizar uma boa higienização das taças; etc. Então, vamos pontuar alguns cuidados básicos:

 

 

Adega

O vinho não suporta luz, vibrações e ruídos! Esta é uma frase comum entre os produtores, quando vemos uma cave com centenas de vinhos descansando e esperando o momento ideal para sair dali, mas essa regra vale também para os vinhos que estão guardados na sua adega! Muitos falam em temperatura ambiente, mas essa temperatura é nada mais que um termo utilizado há muitos anos atrás quando os vinhos saiam das caves subterrâneas na França, na Espanha e eram consumidas logo em seguida. Atualmente não funciona desta forma, principalmente em países quentes como o Brasil que apresenta elevadas condições climáticas. Neste caso, o vinho antes de ser servido, precisa sim, estar numa boa temperatura!

 

 

Os vinhos brancos, bem frutados e de bastante frescor, podem ser guardados em geladeiras por até 02 dias, agora se falamos de tinto, aí fica mais complicado, porque ele pode sofrer com a luz e o calor. O ideal mesmo é consumir no mesmo dia ou então, guardar em adegas climatizadas, os ranços devem ser servidos sempre entre 10 a 12 graus, em seguida devem ser mergulhados num balde com gelo e água em proporções equivalentes ao ombro da garrafa, vale também girar a garrafa por alguns segundos.





Experimente servir o chileno Anakena Pinot Noir

 


 

Voltar

 
 

Atualidades